top of page

Governo do Estado lança convocatória nacional de formação em arte e cultura do 31º FIG

Os interessados poderão se inscrever gratuitamente entre os dias 8 e 17 de maio, por meio da plataforma do Mapa Cultural de Pernambuco (www.mapacultural.pe.gov.br)


Parte importante da programação realizada durante o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), as atividades formativas buscam promover o acesso às políticas públicas culturais no Estado, principalmente no que se refere às ações interseccionais à educação, aos direitos humanos e à cidadania. É com esse objetivo que o Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), anuncia a abertura das inscrições para a convocatória nacional de formação em arte e cultura do 31º FIG, previsto para acontecer em julho de 2023, na cidade de Garanhuns (Agreste de Pernambuco).


Uma das novidades da convocatória desse ano é a inclusão de manifestações artísticas oriundas das culturas periféricas, tais como hip hop, grafitti, brega-funk e passinho. Essas manifestações fazem parte de um dos eixos temáticos do edital, cujas atividades de formação poderão ser inscritas a partir dos segmentos artísticos e áreas especificadas no certame.


Os interessados em submeter suas propostas poderão se inscrever gratuitamente entre os dias 8 e 17 de maio de 2023, por meio da plataforma do Mapa Cultural de Pernambuco (www.mapacultural.pe.gov.br). Serão aceitas inscrições no formato de oficinas, workshops, rodas de conversas, palestras e seminários.


As propostas de formação deverão ser oferecidas a partir dos seguintes segmentos artísticos e áreas: artes circenses, artes visuais, audiovisual, cultura popular, dança, design e moda, fotografia, gastronomia, literatura, música, patrimônio cultural, teatro, artesanato, comunicação, produção e gestão cultural. Elas precisarão se relacionar aos seguintes eixos temáticos: expressões culturais da periferia; cultura popular e tradição; cultura, direitos humanos e cidadania; e economia criativa.


“As oficinas deixam um legado importante para a cidade e também para o público que circula no FIG. É uma forma lúdica de oferecermos troca de conhecimento e experiências. Neste ano, incluímos as manifestações culturais da periferia, que é um olhar especial da nossa gestão”, diz o secretário estadual de Cultura, Silvério Pessoa.


Para mais informações, dúvidas e outros esclarecimentos, o contato disponibilizado é o endereço eletrônico: gedh@secult.pe.gov.br, vinculado à Gerência de Educação e Direitos Humanos da Secult-PE.


A listagem com as propostas classificadas na análise artístico-cultural será disponibilizada no Mapa Cultural de Pernambuco e no Portal Cultura.PE (www.cultura.pe.gov.br).


Clique aqui confira o edital e anexos do Edital Nacional de Formação do 31º Festival de Inverno de Garanhuns.


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page